Escolha a cidade

ENTENDA O SEGURO VIAGEM NO CARTÃO DE CRÉDITO

O seguro viagem oferecido pelos cartões de crédito é, de longe, uma das maiores dúvidas do setor de turismo. Tanto para quem vende, quanto para quem usa, existem muitas incertezas sobre este produto. Na última semana, o jornal O GLOBO publicou uma matéria interessante sobre este tema. Para facilitar o entendimento compartilho aqui um resumo desta reportagem no formato de perguntas e respostas que podem ser uteis para quem está pensando em usar o serviço.
 
- Quais cartões oferecem o benefício?
Apenas uma mínima parcela dos portadores de cartões de crédito possuem o seguro viagem como benefício. Na Mastercard o privilégio se aplica apenas aos portadores de cartões Platinum ou Black, e na Visa somente para clientes Platinum ou Inifinite. Portanto se o seu cartão não se enquadra nestas categorias você não tem direito ao seguro durante sua viagem.
 
- Como funciona o benefício?
O seguro viagem não é exatamente uma cortesia. O custo deste serviço está embutido na anuidade que o cliente paga. E mesmo pagando, só tem direito a usá-lo se comprar a passagem aérea com o cartão. Portanto fique atento a este detalhe: se quiser ativar o benefício precisa comprar seu bilhete de avião com o cartão de crédito. Do contrário não terá direito ao benefício.
 
- Quais são as coberturas?
Este é um dos principais problemas do serviço. As coberturas não são tão amplas. Nos cartões Mastercard as coberturas médicas se limitam a EUR 30.000 para Europa ou US$ 25 mil para outras viagens internacionais. Pode parecer muito, mas não é. Os custos de uma simples operação de apendicite podem chegar a US$ 37 mil. O seguro viagem não é para uma dor de barriga, mas sim para cobrir inconvenientes de grande porte. Portanto, no caso da Mastercard a cobertura limitada pode se transformar em uma grande dor de cabeça para o portador do cartão. Já no caso da Visa, as coberturas são um pouco melhores. Nos cartões Platinum cobrem até US$ 50.000 e nos cartões Infinite cobrem até US$ 100.000,00.
 
- O seguro vale para qualquer viagem?
Não. O seguro oferecido pelos cartões de crédito cobre até 30 dias de viagem. Alguns chegam a cobrir até 60 dias de viagem. Portanto se você estiver fazendo uma viagem mais longa, mesmo cobrando a passagem aérea com seu cartão, não estará coberto durante toda a sua permanência no exterior. Outro problema enfrentado por quem viaja com o seguro do cartão é a natureza do acidente. Se você se acidentar praticando esportes de aventura ou de risco poderá ter o atendimento negado. Assim se o seu próximo destino for, por exemplo, uma estação de esqui, melhor contratar um seguro viagem de uma empresa de assistência.
 
- O seguro vale para viagens de multidestinos?
Depende. Se você comprou com o mesmo cartão de crédito todos os bilhetes aéreos de todos os destinos para os quais viajará, então você estará coberto. Mas se você comprou com seu cartão apenas o primeiro trecho, cuidado, você não terá cobertura nos demais destinos. Por exemplo: se o passageiro comprar com o cartão de crédito uma viagem SP/Nova York/SP e, uma vez nos Estados Unidos decidir comprar com dinheiro ou com outro cartão de crédito que não oferece o beneficio, um trecho Nova York/Toronto/Nova York não estará coberto no Canadá.
 
Como acionar o seguro em caso de necessidade?
A única forma de acionar o seguro pelo cartão de crédito é ligando para uma central de assistência internacional. Mas você já percebeu que a grande maioria dos viajantes não ativa mais roaming internacional? O turista atual viaja com a intenção de conectar seu celular a uma rede WIFI. Portanto, se o viajante não está com um celular ativo para chamadas telefônicas como pedirá assistência? As melhores empresas de assistência viagem, especializadas em atender turistas ao redor do mundo, já perceberam esta tendência e para facilitar o acesso ao serviço criaram dispositivos que permitem atendimento via aplicativos ou chats. Basta se conectar a uma rede WIFI para ser atendido. No caso da ASSIST CARD a inovação está um passo a frente. Se o turista estiver em Miami, Orlando ou Madri pode solicitar a visita de um médico no hotel apenas clicando em seu celular, sem fazer ligações internacionais e sem precisar falar com um atendente.
 
Em resumo: vale a pena viajar com um seguro oferecido pelo cartão de crédito?
Se você for um cliente Platinum, Black ou Inifinite que comprou o bilhete aéreo com o mesmo cartão, se está viajando com roaming internacional ativo e se está disposto a ter uma cobertura médica limitada, o benefício pode valer a pena. 
Mas se você não se encaixar neste perfil é melhor comprar um seguro viagem de uma empresa de assistência. Neste caso analise o limite das coberturas e como funciona o acesso ao serviço. Busque empresas que ofereçam atendimento por multicanais. Durante uma emergência é importante ter acesso a um seguro viagem que o atenda por telefone, por chat ou por aplicativo.